[ editar artigo]

Vale a Pena Assistir - Mudo

Vale a Pena Assistir - Mudo

O longa conta a história de um homem que perdeu a voz em um acidente durante a infância e, quando adulto, busca encontrar sua namorada, que desapareceu misteriosamente.

Não bastasse a sinopse repetitiva em uma produção norte-americana , a ambientação cyberpunk mais uma vez dá as caras em um original Netflix e, ainda mais, não apresenta qualquer relevância para a história. O ator principal (Alexander Skarsgård), cumpre bem seu papel como o protagonista Leo, assim como Paul Rudd entrega um trabalho competente como o vilão Cactus. Ainda assim, o elenco do filme parece ser seu único ponto a se ver como algo bom.

O roteiro contém tantas falhas que chega a ser incompreensível que Netflix tenha aceitado bancá-lo. O excesso de elementos postos em tela atrapalha completamente a fluidez da narração. Não há razão alguma para um enredo que fala sobre relações afetivas e desaparecimento, sem que contenha qualquer interferência tecnológica expressiva para seu andamento, ter como cenário a capital alemã de um futuro.

Assistir ao longa é como assistir a um episódio extra de Altered Carbon (SIM LEMBRA DE VERDADE) 

Não vou mentir, a fotografia do filme me agrada, mas o enredo faz você bocejar em "N" partes do

Nos primeiros vinte minutos somos levados a questionar a relevância do ambiente no desenrolar dos eventos. A impressão que fica é a de que os roteiristas (dos quais o próprio Jones faz parte) inventaram características aleatórias geralmente interessantes para enriquecer uma história batida.

Sinceramente, não vale a pena assistir. A fotografia sim, chama atenção mas nada além disso. Roteiro deixa a desejar, e como disse algumas vezes parece tudo forçado demais.

Um filme longo, para fazer você dormir.

Clube Minha Série
Adriano Ribeiro
Adriano Ribeiro Seguir

The World Never Change

Ler matéria completa
Indicados para você