[ editar artigo]

Uma Escola Atrapalhada: remake em formato de série

Uma Escola Atrapalhada: remake em formato de série

Temos por aqui um bom material audiovisual que poderia virar bons seriados, falo de exemplos como Cidade de Deus (teve um  spin-off  na Globo, Cidade dos Homens), Tropa de Elite, também neste contexto policial, assim como o filme Uma Escola Atrapalhada, mais jovial, que contou com a participação dos trapalhões em seu auge da fama. O filme veio em um formato voltado mais ao público jovem, isso bem antes dos seriados Disney despontarem por aqui.

Só pra relembrar Uma Escola Atrapalhada é um filme brasileiro de 1990, do gênero comédia infanto-juvenil, dirigido por Antônio Rangel e estrelado pela apresentadora Angélica (Tami), pelo cantor Supla (Carlão) e pelo grupo musical Polegar (Alan, Alex, Ricardo e Rafael), um grupo musica que fora 'febre' entre os jovens naquela década. O filme também conta com a participação do grupo humorístico Os Trapalhões. Essa gama de gigantes da TV e do mundo musical, certamente foi o que coloca esse filmes como uma joia dos anos 90.

Sim esses personagens juntos, era o que tinha de maior sucesso na época, junto a isso, uma pitada de romance e drama que foi marcante no decorrer do filme. A humorista Fafy Siqueira (Cida, a secretária) junto com Os Trapalhões deram o tom de comédia que muitas das vezes roubaram a cena.

Sob a direção de Dona Alma (Jandira Martini) e os olhares rigorosos do inspetor Anselmo (Ewerton de Castro), começa o ano letivo na Escola Mateus Rosée, esse é o início da trama. Na cena inicial, a escola está passando por problemas financeiros, e Dona Alma expulsa um homem do prédio principal da escola, afirmando que nunca irá vendê-lo. O pai de santo (Mussum, Mumu o mago), de Dona Alma espanta o cobrador.

Marcante no desenrolar dessa trama é quando Tami e Carlão disputam uma corrida no corredor da escola, uma prova de força entre eles, tentando mostrar quem era mais rápido. Essa disputa começa quando Carlão resolve tirar satisfação com Tami por conta dela ter jogado tinta no rosto da aluna Beta, eles levam essa raiva e certa paixão ainda embutida para a área externa das salas de aulas. Carlão vence, pois Tami não contava com uma trapaça que a faz perder a disputa. Carlão fica indignado ao saber que ganhou de forma injusta.

Figurões conhecidos do público fizeram parte desse elenco, falo de Gugu Liberato, Selton Melo e Leonardo Brício.

E aí o que acha da ideia de um Remake em formato de Seriado?

 

Clube Minha Série
Adriano de Alexandria
Adriano de Alexandria Seguir

Eu sou ADRIANO DE ALEXANDRIA (MIGUEL). Funcionário Público, Gestor de Políticas Públicas e amante da TI (Tecnologia da Informação). Aficionado pela nova forma de interação da sociedade proporcionada pela evolução dos meios de comunicação.

Ler conteúdo completo
Indicados para você