[ editar artigo]

E as minisséries brasileiras?

E as minisséries brasileiras?

Nacionalmente, não temos a cultura de produzir séries muito arraigada, mas as tão bem elaboradas e aclamadas minisséries fazem parte da rotina de muitos brasileiros.

Calma, sei que existem séries muito boas no Brasil, por isso, não estou dizendo que não há produção nacional! Um dia paro e falo de alguns exemplos excelentes da GNT até a HBO, da MTV até a Cultura, mas hoje quero lembrar das minisséries, que ainda fazem a sensação de muita gente.

Normalmente veiculadas em canais de televisão aberta, as minisséries tem roteiros bastante elaborados, gastos expressivos e uma quantia reduzida de episódios, diferindo da mais comumente exibidas novelas.

Mais acessíveis à população como um todo, podem ter instigado nossa paixão por série, afinal, quem nunca lembra de ter passado pela sala, visto a mãe/vó/tia vendo uma quando criança e não parou para olhar?

Lembro de muitos exemplos da Rede Globo e o primeiro que me vem a mente é Capitu… A trilha sonora marcada por Elephant Gun do Beitut é reavivada na minha mente e a obra de Machado de Assis finalmente ganha uma imagem real nas minhas lembranças.

Quem não conhece, Capitu se baseou na obra Dom Casmurro, clássico da literatura realista no Brasil e que rende, talvez, as discussões mais acaloradas no âmbito literário… Com 5 capítulos e exibida em 2008, se não estou enganada, a minissérie representou uma das melhores produções de fotografia, contou com atores incríveis, um roteiro impecável e uma direção de se invejar.

Narrada por bentinho, a história vê diferentes fases de sua vida e trabalha enfaticamente sobre seu grande romance pelos famosos olhos de cigana oblíqua e dissimulada de Capitu, que poderia ou não ter tido um caso com seu melhor amigo, Escobar.

A cenografia é maravilhosa! Maquiagem, efeitos e o figurino foram lindos, muito bem equilibrados; e a trama é bastante fiel ao livro, mas não em completo, afinal, é uma releitura artística em homenagem ao centenário de Machado.

Acredite, pode ser revista incontáveis vezes, pois trabalha detalhes minuciosos a cada ponto e cada vez é possível perceber e/ou interpretar algo diferente. É possível encontrá-la, procure, vale a pena.

Existem diversas minisséries exímias como Hoje é Dia de Maria (outra das minhas prediletas), Ligações Perigosas, Felizes pra Sempre, Gonzaga, Maysa, Subúrbia, JK, Pagador de Promessas, Dona Flor e seus Dois Maridos entre tantos outros.

Vocês lembram de alguma? Gostam desse tipo de produção?

Clube Minha Série
Carolina Magalhães Cezar
Carolina Magalhães Cezar Seguir

Amante de gatos, tagarela, leitora frenética e escritora compulsiva, transito em vários temas, repassando um pouco do meu conhecimento pessoal, absorvido por osmose ou forceps, empírica ou teoricamente...

Ler matéria completa
Indicados para você